domingo, 20 de setembro de 2009

Pelo sim pelo não, vou jogar no euromilhões

Sonhar não é comigo. Quer dizer, há-de ser, mas não é coisa de que me lembre quando acordo. Claro que há excepções.
Também não costumo ter sonhos que toda a gente tem, daqueles dramáticos, não. Sou mais pacífica, normalmente ando algures numa festa com alguém a passar entre multidões e acabamos por nos perder. O mais estranho que tinha tido foi há muito muito tempo, andava eu a fugir de uns bandidos, a correr louca e rota por ruas enormes, coisa mesmo à filme, e fui dar onde? A um beco pois claro. O giro, é q o pesadelo não tinha cores definidas... tinha, em vez disso, o preto base e uns laivos de apenas uma outra cor, género filmes a preto e branco, como dizem que os sonhos são, só que...preto e cor-de-rosa. É verdade, eu nunca fui muito normal. Também nunca cheguei a saber o final do sonho porque quando me apercebi da peculiar característica da cor acordei e também não costumo ter sonhos contínuos (aqueles que são sonhados várias vezes).
Também não sou menina para sonhar com mortes ou que mato gente - para verem que sou realmente boazinha. Nem sequer sonho com animais tipo... vacas, cobras e afins, como tanta gente normal. Não.
Mas esta noite foi diferente... Sonhei com... ARANHAS. Declaro, a partir de hoje, a minha repulsa por aranhas. É que foi horrível. Não eram bichinhos pequeninos... não! Eram MONSTROS, mas monstros de verdade, não eram cá vampiros ou lobisomens (Cláudia, curte milhões xD) ! Coisas enoooormes! Eehck!
O que aconteceu no meu pesadelo foi mais ou menos isto (porque dizem que contar torna impossível de acontecer): Ora acorda a pessoa - eu - tarde e a más horas (reparai na fidelidade do meu subconsciente...brutaaal) e vou meio ensonada rumo à cozinha com sede (tá! esta é peta... sede? nao conheço isso) e deparo-me com uma aranha-bisonte em cima da bacada da minha cozinha! Sim um bicho aí de uns 50 centímetros meio metro (escrito assim até faz parecer maior). Para imaginarem melhor: estão a ver uma tartaruga? É isso só que em castanho, patas mais fininhas e 2 pares de olhos espelhados - horríiiivel! Ah! e de carapaça dura (não, não toquei, mas notava-se) Ora a bicha estava rodeada de bichinhas pequeninas que se mexiam imeeenso, eram iguais a ela só que pequenitas logo, mais "amigáveis". Parei. Como raio é que eu ia matar aquilo? A bicha tinha carapaça dura logo, bater-lhe com uma vassoura até ao esmagamento não me parecia a melhor opção, ainda assim não fossem as pequenas serem as suas guardiãs e subirem por mim acima -glheeck!
Dum-dum! Era isso! Dum dum nos olhos e depois batia-lhe com qualquer coisa. Punha mais dum-dum até que ela ficasse revestida por uma grossa camada - género embalsamada vá - e depois com a vassoura derrubava-a da bancada e atirava-a para o quintal. Ali já devia ser seguro ela ficar até que chegasse alguém.
Não podia ser. O dum-dum podia não fazer o efeito desejado e depois ela saltava-me para cima (sim, porque TODA A GENTE sabe que as aranhas o que fazem mais é saltar!) e enquanto eu gritava vinham as pequeninas subir-me as pernas e depois a grande depositava os ovos nas minhas axilas (vá isto foi só para tentar ter piada. Mas é verdade q ela tinha uma coisa no cú onde tinha ovos de onde saiam as aranhinhas).
Bom, tinha de tentar. agarrei numa vassoura e... "o dum-dum?" Porra! Estava ao pé da porta de entrada. Bem, também não devia ser fácil aquele bisonte desaparecer de vista. Fui buscar. Demorei pouquíssimo tempo, segundos apenas. Quando cheguei... havia mais uma data delas! Eram diferentes... uma mistura de formigas gigantes com gafanhotos. Andavam a fazer renda na porta do meu armário com uma teia que a mãe-bisonte soltava da barriga. Parei. Fiquei estupefacta. Agora a luta era ainda mais desigual. Mas graç'a Deu que tenho uma prima que sonha todas as noitinhas e sabe controlar os sonhos e me ensinou. Sendo assim, tal como ela, decidi acordar...nesse preciso momento. :)
Fica então uma imagem mais ou menos fiel à do meu sonho.

Legenda:
Aquela coisa central na imagem é supostamente a tal aranha de meio metro;
as outras à volta dela supostamente são aquelas pequenitas mais "amigáveis";
estas mais esquisitas cá em baixo supostamente são exactamente aquelas mais esquisitas tipo formiga-gafanhoto.


NOTA#1: Repararam como eu penso coerentemente, mesmo durante os sonhos?!
NOTA#2: Obrigada Juh, por me teres ensinado a controlar os sonhos xD
NOTA#3: Peço desculpa se estavam à espera de mais, género um final dramático. Mas não posso inventar né?! ;p

5 comentários:

Dulce disse...

OMG... cuidado q isso diana.. mas va.. quando e assim nao fiques com medo porque o JACK come to save u :P

Diana disse...

Ohhh é isso! Porra deia ter-me lembrado de o incluir no sonho. Possa era ele a pessoa ideal para me tirar dali aquele bicho!

Cláudia disse...

Eu tenho que referir a maneira como tu escreves! Sim, Porque a brincadeira de usar palavrinhas da saga maravilha tornou-se bem real e, mais do que uma vez, me lembrei de tal coisa enquanto lia isto! BRUTAL :D SAUDADES BOLAS!
Ora como eu te compreendo.. ainda se fossem vampiros lindos ou lobisomens vá, ainda se gostava bastante agora aranhas?! que raio de sorte a tua.. com tantos bichos foste logo sonhar com aranhas.. QUE NOJO!
Quanto à ilustração devo dizer que está repugnante LOL acho que conseguiste transmitir(muito bem) a nojice!
Quanto ao facto de raciocinares mesmo em sonho, nada que me espante vindo de alguém tão espelto :P

Joana disse...

ahah logo aranhas xp

hoje é com as tuas amigas osgas!

o desenho ta fofinho da pa entender prima!
ahhh ves e facil! e tiveste aquela lembrança de tares no sonho e dizeres acorda acorda acorda? bem quqlquer dia relato os meus sonhos que tambem sao algo de interessante começando pelos bombos de nisa xp

Diana disse...

TUDO PAIADO! A Cláudia chamou-me "espelta" e elogiou a minha ilustração. uui! :p
Quanto à maneira de escrever... É verdade pá! E só agora é que reparei :o são as saudades mesmo lol

À Joana,
não sonhei, afinal, um dia não são dias. Mas podia...

E sim, relata aqui o sonho com os bombos de nisa, acho que o pessoal ia gostar bastante! ahaha